sábado, 11 de junho de 2011

"Se calhar não, mesmo se Andreia, que descobriu a existência da transexualidade exactamente da mesma forma que João Pedro, através da TV e do mesmo programa,  sonha com o momento em que possa "ser mulher" todos os dias, e usar também na escola os saltos altos e as saias que só usa no fim de semana. "Não olho para mim como transexual. Penso em mim como uma rapariga normalíssima como qualquer outra." Na voz calma, de menina, Andreia delicia-se a descrever a roupa que vai acumulando no armário e experimenta ao espelho, à espera dos dias felizes em que poderá ser, aos olhos de todos, isso mesmo que sente."

Parte da reportagem, que tentarei digitalizar e partilhar :)

4 comentários:

memories of a doll on 13 de junho de 2011 às 21:19 disse...

fizest uma reportagem? quero ler tudo, onde posso ler/ver?

Andreia on 15 de junho de 2011 às 00:50 disse...

Peço desculpa pela demora :x

A reportagem saiu no Diário de Notícias , no passado Sábado dia 11. :)

Eu vou tentar digitalizar, mas duvido que consiga...

memories of a doll on 15 de junho de 2011 às 17:51 disse...

não faz mal.. se não conseguires tira foto. gostei desse pedaçinho que li. E acho que todos nesta sociedade deviam ler essa reportagem,talvez deixassem de ser tão parvos de vez em quando.

Andreia on 16 de junho de 2011 às 00:11 disse...

Sim, a reportagem não está nada mal! Das últimas reportagens que vi/li , esta é, sem dúvida, a melhor.

Mas a nossa sociedade é uma caca mesmo...

Enviar um comentário

 

Autora

A minha foto
Sou uma Rapariga Transexual, de 17 anos, numa luta pela sua identidade. Sou sensível, afectuosa, desprotegida, mas lutadora. A minha vida é feita de sonhos e esperanças, mas quero acreditar que um dia vou poder viver como qualquer outra pessoa. Quero acreditar que daqui por pouco tempo serei capaz de ME ser, por inteiro!

Translator

I'm so sorry if this translator is stupid and makes non-sense sentences, but it's the best I have to offer.

Visitas

Desde 09/10/09


Seguidores